FANDOM


Chama do Dragão

A Chama do Dragão.

A Chama do Dragão (também conhecido como Fogo do Dragão ou Grande Dragão de Fogo) é o poder emblemático de Bloom e sobretudo um dos grandes poderes em toda a Dimensão Mágica. Ela também foi parte das Winx durante a temporada 6 (devido ao Legendarium que despojou a magia delas).

Descrição Editar

A Chama do Dragão é conceituado como a faísca do Grande Dragão, que criou toda a Dimensão Mágica.

Durante a temporada 1, Bloom descobre que ela é guardiã do Fogo do Dragão. Também descobre que sua irmã, Daphne, deu esse poder a ela antes de enviá-la em um portal para a Terra.

Na temporada 2 as Winx descobrem que tem uma força que tem o poder oposto da Chama. Em lugar de dar vida, a Sombra da Fênix, pode tomar a forma tanto de um Homem ou uma fênix, e possui a capacidade de absorver a magia e a vida.

Na temporada 3, a Chama do Dragão tem um papel importante para derrotar um homem cujas abilidades estão arraigadas da escuridão do Dragão do Fogo, as Winx viajam ao Reino de Ouro e obtêm as Estrelas de Água por terem passado através do Labirinto de Cristal. Elas são os poderes antigos que foi dito ser a única força para extinguir o Fogo do Dragão. Também aprendem que para manterem o fogo, assistentes enviaram as estrelas para outro reino. Na temporada 4 não aparece muito a Chama do Dragão, mas se mostra em um dos feitiços de Bloom que tem a capacidade de curar e fortalecer o alma.

Na temporada 5, pode ser concluído que em um reino chamado de Oceano Infinito tem colunas que sustentam toda a vida dada pelo Dragão. Quando são destruídas, pode causar o caos em Magix, ou mesmo pior, a queda de toda a dimensão. E também o fogo que parecia ser tão poderoso como é ao mesmo tempo na terra e sob o oceano.

Na temporada 6, Bloom divide e compartilha sua Chama com suas colegas. Mas de repente descobrem que ela está se debilitando pouco a pouco após ela compartilhar seu poder. Com o fogo do Vórtice de Chamas de Domino, Bloom é fornecida da energia do fogo, e mais tarde a Chama foi utilizada por Selina como chave principal para reviver um homem preso no Legendarium. No final da temporada, cedo descobrem que a Chama não é o suficientemente potente como para fundir o feitiço da rainha de neve tal como aconteceu com Hélia.

Existem duas partes da Chama do Dragão que se mostraram na série: um fogo mais puro que Bloom possui e um fogo mais escuro que pertence a Valtor, que foi o resultado de uma faísca de fôlego de fogo do Dragão e mistura com a Escuridão (possivelmente parte do poder da Sombra da Fênix, pois tanto o Dragão e a Fênix se acha que nasceram juntos desde o Vazio no princípio do tempo e também é provável que a Chama do Dragão de Valtor seja o resultado da mistura destes poderes). O poder de Lord Darkar é o pólo oposto da Chama do Dragão, pois enquanto o dragão liberta energia através da dimensão, a Fênix absorve poderes usando essa mesma energia.

História Editar

Pré-Série Editar

De acordo com a versão original de RAI, a Chama do Dragão foi transmitida através de gerações de membros da família real de Domino desde o desaparecimento do Grande Dragão, e foi utilizado pelas nove ninfas de Magix, nove fadas todo-poderosas quem controlam o destino da Dimensão Mágica, sendo a última e mais poderosa a Ninfa Daphne, e as atuais Guardiãs são as Winx.

Quando Bloom era ainda um bebê, Lord Darkar tentou obter o máximo poder e por isso enviou as Três Bruxas Ancestrais para reclamar a Chama do Dragão de seu Guardião e usá-la para obter o máximo poder. As bruxas ancestrais e seu “filho” Valtor destroem Domino no processo, mas terminou por ser derrotado pela Companhia da Luz quando o Rei Oritel e a Rainha Marion de Domino tinham encarcerado Valtor na Dimensão Ômega e as Bruxas Ancestrais em seu próprio lugar de nascimento, o Reino de Obsidian na batalha final. Porém o rei foi preso pelas antepassadas e a Rainha Marion entrou na Espada de Oritel para ficar com seu marido e uma onda de energia escura foi liberto de Obsidian que provocou que todos os habitantes de Domino também ficassem presos em Obsidian.

A Princesa Daphne conseguiu salvar sua irmã mais nova Bloom e para evitar que a Chama do Dragão caisse em mãos das forças do mal, enviou ela à Terra, o custo foi que ela mesma se converteu em um espírito sem corpo pelas bruxas e passou a ser um fantasma unido ao Lago Rocha Luz, e desde então apenas era capaz de deixar esse lago temporariamente.

Durante quinze anos (Bloom tinha aparentemente um ano quando Domino foi destruído), foi pensado que toda a magia da Chama do Dragão tinha sido extinguida após a destruição de Domino, excepto as Trix (as descendentes das Bruxas Ancestrais) que usando o poder com seus Vácuos, que sentiram que a Chama do Dragão estava por aí, seguia ardendo e tinha acabado no Anel de Solária, já que tinha sido criado como a Espada de Oritel.

Temporada 1 Editar

Bloom, que tinha vivido na Terra pensando que era uma garota normal, manifestou seus poderes pela primeira vez quando conheceu Stella e foi para Alfea. Ali, após observar as abilidades mágicas de Bloom, o interesse dela pela história da Chama do Dragão e as tentativas realizadas por Daphne de entrar em contato com sua irmã, Faragonda se deu conta que Bloom era a última herdeira do Reino de Domino e a Guardiã da Chama do Dragão que todo mundo tinha acreditado que tinha morto e esse poder tinha sido perdido para sempre.

Esse fato foi revelado abertamente a todo mundo quando as Trix, que tinham conseguido roubar a Chama do Dragão, contaram isto para Bloom. Quando Bloom recuperou seus poderes Daphne lhe disse que ela nunca tinha perdido esses poderes, mas apenas ficou com dúvidas sobre sua existência, o que a tornou incapaz de usar seus poderes, o que implica que as Trix nunca tiveram a Chama do Dragão, mas pensaram que com ela eram capazes de utilizar sua magia como se fossem suas Guardiãs) e Bloom usa abertamente a Chama do Dragão na última batalha contra as Trix em Alfea.

Temporada 2 Editar

Na segunda temporada, Darkar tentou obter o máximo poder do Reino de Realix, e converte Bloom em uma versão escura quando se deu conta que seu poder da escuridão seguia sendo ineficaz para abrir o portal para Realix, e que ele precisava de um poder que ultrapassasse o dele para contrariar seus poderes e que esse poder era a Chama do Dragão. Porém, quando estava prestes a ganhar o máximo poder, Sky admitiu a Bloom que a amava e Bloom se curou ela mesma do malefício que Darkar tinha jogado sobre ela, tornando a fada para o mal; e ajudou a destruir a Fênix escura com a ajuda das Winx.

Como a Fênix foi destruído exatamente não se mostra, exceto que as Winx usaram uma convergência Charmix, mas pode ser especulado que quando fizeram a convergência junto com Bloom, convocaram energia positiva gerada pelo Grande Dragão que por sua vez, quando reuniram a energia negativa encarnado pela fênix fez com que essas duas forças se aniquilassem entre si, ainda que não se explica como a Chama do Dragão continuou existindo enquanto a escuridão da fênix foi destruída.

Outra possibilidade é que, desde que a essência do Dragão cria energia, possui força ilimitada, mas a fênix tem força limitada pois seu poder se deriva de toda a energia que absorve. Porém no site oficial do Clube das Winx foi dito que o poder de Darkar era igual ao do própria Grande Dragão, o que implica que a Chama do Dragão não pode destruir a fênix escura sem ela mesma ser também destruída.

Porém, poderia ser que a convergência Charmix só destruiu o corpo de Darkar e que seu poder ainda sobreviveu. No primeiro episódio da temporada, WizGiz disse aos estudantes de Alfea que todo poder precisa de seu oposto para se equilibrar, igual do que o conceito “yin e yang” na filosofia chinesa. Isto significaria que no equilíbrio necessário para manter a Dimensão Mágica, o poder da fênix talvez ainda exista em uma forma incorpórea igual do que a Chama do Dragão que continuou existindo em uma forma incorpórea, mesmo após o Grande Dragão desaparecer.

Temporada 3 Editar

Na terceira temporada, a diretora Faragonda disse a Bloom que quando o Grande Dragão criou o Universo, uma faísca dele caiu na escuridão e se misturou com ela, sendo a Chama de um Dragão Escuro que ficou no vazio durante muito tempo, até as Três Bruxas Ancestrais encontrarem ele. Com essa Chama formaram um homem chamado de Valtor, quem criaram como se fosse seu próprio filho e o enviaram, uma vez que teve idade suficiente, à conquista de todas as dimensões.

Porém quando Domino foi destruído, os pais biológicos de Bloom derrotaram Valtor e as Bruxas ficaram presas na Dimensão Ômega quando pensavam que todo o que tinham, mesmo suas filhas estavam mortas (parece que, após amaldiçoarem Daphne, Valtor mentiu às Bruxas dizendo que tinha matado as filhas delas e que ele ficou preso na Dimensão Ômega por ter matado as filhas delas) durante a batalha final da Companhia da Luz.

Valtor desperta de novo quando as Trix, que tinham ficado presas desde Realix, foram enviadas à Dimensão Ômega e o libertaram. Valtor se aliou com as Trix e escapou da Dimensão Ômega, causando estragos em toda a Dimensão quando ele fez tudo o que pôde para roubar todos os tesouros mágicos da Dimensão Mágica para se tornar o feiticeiro supremo do Universo e tentou se vingar dos membros da Companhia de Luz, embora tenha feito tudo o possível para evitar uma luta contra Bloom pois ela também tinha a Chama do Dragão.

Bloom obteve um incompleto Enchantix, não podendo ganhá-lo normalmente por salvar alguém de seu próprio reino, e as Winx foram para o Reino de Ouro para encontrar as Estrelas de Água que continham o poder oposto de forma natural à Chama do Dragão com o fim de utilizá-las para extinguir a essência de Valtor.

Porém, Valtor mesmo capturou as estrelas de água pouco antes de perder todas seus feitiços roubados que regressaram para seus respectivos reinos de origem. Durante a luta final com Valtor, Bloom usou seu Pó de Fada para extinguir a parte da Chama do Dragão dele e destruiu ele para sempre, portanto, destruiu a parte da Chama do Dragão que tinha sido misturada com a Escuridão.

O Clube das Winx: O Segredo do Reino Perdido Editar

Durante o primeiro filme, quando a esperança de encontrar os pais de Bloom se reviveu por Daphne, esta nova faísca de esperança faz com que ela comece a procurar a Espada de Oritel. O calor libertado da Chama da Espada é tão intenso que causa dor horrível nas Bruxas Ancestrais, e elas pediram à serva delas, Mandragora, para encontrar essa Chama do Dragão e destrui-la. Para isso, Mandragora vai para Domino, onde sente a presença de uma fada que tem o poder da Chama do Dragão e infecta Riven com um inseto mau que lhe faz se tornar um mero fantoche em suas mãos.

Quando ataca Alfea e é derrotada, Faragonda diz a Bloom que ela deve usar a Chama do Dragão para capturar as Bruxas Ancestrais em Obsidian, e revela às Bruxas que a Guardiã da Chama do Dragão é uma fada chamada de Bloom.

As Bruxas Ancestrais esperam as Winx para chegarem para Obsidian, onde tentam forçar Bloom para destruir a Espada de Oritel. Bloom se nega, dizendo que se ela destruiu a espada também destruiria seus poderes, talvez porque a espada continha um pedaço da Chama do Dragão. No final Sky matou Mandragora com a espada quando ela tinha sido possuída pelo espírito das três bruxas, enquanto Bloom, usando a Chama do Dragão, destruiu o Reino da Obsidian, restaurou Domino e todos seus habitantes (incluindo Oritel e Marion) ao normal, e libertou acidentalmente as Bruxas Ancestrais.

Temporada 4 Editar

Na quarta temporada a Chama perdeu importância, pois essa temporada é centrada principalmente no Believix e as fadas da Terra. Foi visto que essa Chama do Dragão era inútil contra Ogron, mesmo com um nível Enchantix e completo, pois ele somente absorve o poder dos ataques dirigidos contra ele.

Com o Believix, os poderes do Dragão são manifestados como Força da Vida, poder que ela utiliza para sanar os corações da gente e faz com que se tornem melhores pessoas e abram seus corações à magia, como resultado da Chama do Dragão sendo a Chama da Vida e do Bem, que criou toda a vida na Dimensão mágica, e sua capacidade para curar a gente.

Isto também se manifesta na transformação Sophix, onde o poder de Bloom é a Chama Interna, que é o poder para atingir o alma de cada criatura, nunca se render e nascer novamente. Porém a Chama do Dragão parece mais débil nessa temporada pois o poder do Believix depende somente da fé da gente na magia e sua capacidade para abrir seu coração à bondade e à magia, que é talvez a razão porque os ataques Believix de Bloom pareçam bem mais fracos do que na transformações Fada Moderna, Charmix e Enchantix.

No Lovix, a Chama do Dragão é manifestada na forma da Chama de Gelo, e dá a capacidade de utilizar feitiços a base de gelo. Aurora tem uma potência de gelo o suficientemente potente como para congelar todo o Universo, também perceberam um poderoso poder de fogo em Bloom, e disse que ela não queria seu fogo como arma em uma batalha de gelo contra Bloom.

O Clube das Winx 3D: A Aventura Mágica Editar

A Chama do Dragão é vista quando Bloom ataca um de seus pretendentes por causa de seus maus modais e sua insolência. Aparece de novo quando as Winx combatem contra as Trix e suas antepassadas em Havram.

Bloom então convoca o poder do Grande Dragão para poder lutar contra Icy, que estava possuída por Belladona. Icy também utilizou um dragão escuro/gelo contra Bloom, mas ambos eram da mesma potência. Por último, as Winx usaram uma convergência Believix para convocar toda a essência do Grande Dragão e destruir as Bruxas Ancestrais para sempre.

Quando o pólen mágico da Árvore da Vida, que foi lançado pelo ramo da árvore em Havram, regressou à sua capacidade para usar a magia das Winx, Bloom foi capaz de utilizar o poder da Chama do Dragão, sendo dona dela para atacar Icy.

É possível que as Winx fossem capazes de convocar todo o poder do Dragão com seu Believix acreditando em seus plenos poderes como fadas guardiãs da Dimensão Mágica, e acreditando que podiam fazer bom triunfo sobre o mal e derrotar as três bruxas (pode ser observado que na Dimensão Mágica o Grande Dragão sempre foi o símbolo do Bem contra o Mal, possivelmente simbolizado por Darkar, segundo o que Tecna declarou na temporada 1), além dos poderes de Bloom como fada da Chama e do Dragão da magia positiva da Árvore da Vida que estava sendo liberta (os poderes do Dragão são os positivos, a diferença das potências negativas da Fênix).

Temporada 5 Editar

A Chama não foi vista igualmente na quinta temporada mas em suas formas Harmonix e Sirenix os poderes de Bloom trabalham realmente mais fortes do que o que fazem em forma Believix ainda que seja embaixo ďágua quando esteja usando a Chama.

Temporada 6 Editar

Na sexta temporada a Chama ganhou muita mais importância quando Bloom outorga às amigas dela uma parte da Chama do Dragão após as Winx perderem seus poderes no ataque do Legendarium. Como resultado as garotas obtêm uma transformação chamada de Bloomix, que tem a Chama do Dragão como a fonte de seu poder.

Por causa disso, Bloom se desmaiava durante a coroação de Daphne em Domino pois os poderes compartilhados causavam sua debilidade e então Sky e Thoren seguem o caminho de Diaspro para o Vórtice de Chamas que é onde “acreditam” que isso a ajudaria a salvar seu poder. Quando Bloom foi lançada no Vórtice, ela reconheceu o lugar e se enfrentou à terrível prova do dragão de cinco cabeças. Após usar seu Dragão de Fogo para derrotar o oponente, Bloom recupera o poder se misturando com o Vórtice de Chama e obtém o Bloomix sendo a última em obter essa transformação.

Porém Selina está pensando em extrair a Chama do Dragão de sua amiga para reviver Acheron mas em sua primeira tentativa falhou. Quando Bloom ganha seu Mythix, não se sabe se seus poderes são ainda fortes mas ela foi capaz de utilizar seu feitiço, inclusive sem sua varinha.

Em sua segunda tentativa Selina contata com Acheron lhe dizendo que em breve terá o que ele quer e antes de finalizar o duelo Selina, com suas serpentes verdes, consegue pegar uma faísca do poder dela e foge, se debochando de Bloom dizendo que ganhou a batalha e após Selina desfruta usando a faísca da Chama do Dragão que lhe roubou a Bloom e está pronta para reviver Acheron. Bloom avisa as Trix que Selina as abandonou e Icy furiosa exige saber por quê.

Mais tarde Selina diz às Trix que possui um pouco da Chama do Dragão que lhe roubou à sua amiga naquele ataque a Alfea surpreendendo Icy e fará seus próprios planos de libertar Acheron. Depois Selina usa o fragmento para a página de Acheron e liberta ele, é aí quando o feiticeiro se apresenta em pessoa na frente das quatro bruxas e então afirma que ele criou o Legendarium e tem intenção de conquistar a Dimensão Mágica. Antes disso o feiticeiro trai Selina significando que já não serve para os planos dele e as Trix se dão conta que estavam sendo usadas.

Quando Acheron conseguiu bloquear todos os poderes mágicos, a Chama do dragão foi a única fonte mágica que não foi bloqueada. As Winx salvaram a Torre Nebulosa de uma grande queda e ao fazê-lo o feiticeiro consegue invocar um espírito do grande lagarto para atacar as fadas, tentam atacá-lo mas a criatura é forte e resiste os ataques das Winx e após este ataque Bloom e Selina estão em pé, e Acheron tenta acabar com elas duas.

Bloom tenta atacar mas Acheron para o ataque e diz que também tem uma parte da Chama, portanto ele termina derrotando Bloom com facilidade. Selina, após se sentir culpada, decide se desculpar por ter chegado até este ponto, e a fada decide entrar no Mundo do Legendarium com Acheron pois Rumpelstiltskin só se importa com outra coisa que a chave. Mas adiante em seu combate pelo mundo de Legendarium, Bloom descobriu que Acheron também tem os mesmos poderes dela, e decide usar como chamariz as armadilhas do duende Rumpelstiltskin e aproveitando isso, consegue pegar ele na Caixa Infinita para trocá-la pela chave. Acredita-se que quando Acheron ficou preso na caixa, também pôde guardar sua faísca da Chama do Dragão.

Temporada 7 Editar

Em “As Pedras Mágicas” Stella sugere a Bloom de usar a Chama do Dragão para restaurar o fogo mágico de Pyros, mas Bloom explica que isso é impossível pois Maia disse a Bloom que a Chama do Dragão não pode recriar o fogo mágico de Pyros porque são de diferentes naturezas e mesmo misteriosas em alguns aspectos.

Poderes Editar

A Chama do Dragão é principalmente um poder mágico benéfico que dá a Bloom a capacidade de quebrar feitiços muito poderosos e curar a gente. No episódio “A Cripta do Codex”, é mesmo capaz de curar Sky que estava morrendo.

Seus poderes curativos se desenvolvem na quarta temporada, quando Bloom desenvolve o feitiço da Força da Vida. Ela sanou pessoas extremamente fracas, como o Sr. Baston, Mike no fogo, Roxy após ela estar possuída por Nêbula, e a gente na estação de trens de Gardênia.

A Chama do Dragão é manifestada em forma de dragões ou bolas de fogo. Enquanto Bloom utiliza principalmente seus poderes para bombardear seus oponentes com bolas de fogo em maior ou menor intensidade e tamanho, em breve aprende a acender grandes incêndios florestais e controlar infernos perigosos com o pensamento.

Outras habilidades relacionadas à Chama são lançar explosões de energia de calor, usando o fogo como escudos e campos de força, fazendo com que os objetos se derretam; disparar raios de energia laranja e o uso de fogo para voar.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.